Kit MSX 2 da MPO

SCREEN 

  • Formato: SCREEN [<X>[,<Y>[,<Z>[,<XX>[,<ZZ>]]]]]
  • Finalidade: Designar o modo da SCREEN, o tamanho do sprite, o "Key Nick sound", cassete "baud rate", e o tipo de impressora usado.
  • Categoria: Instrução.
  • Observações: <X> representa o modo da SCREEN.

Deve ser um número inteiro entre 0 e 3 e tem os seguintes significados:

  • 0 = Modo texto 1
  • 1 = Modo texto 2
  • 2 = Modo gráfico 1
  • 3 = Modo gráfico 2

Quando <X> não é dado, o último modo da SCREEN é usado de novo.

Na falta de indicação o valor de <X> é zero.

Possibilidades das cores numa SCREEN:

  • SCREEN mode 0: 2 das 512 cores.
  • SCREEN mode 1: 2 das 512 cores.
  • SCREEN mode 2: 16 das 512 cores.
  • SCREEN mode 3: 16 das 512 cores.
  • SCREEN mode 4: 16 das 512 cores.
  • SCREEN mode 5: 16 das 512 cores.
  • SCREEN mode 6: 4 das 512 cores.
  • SCREEN mode 7: 16 das 512 cores.
  • SCREEN mode 8: 256 cores.

(ver instrução COLOR).

As declarações gráficas "PUT SPRITE", "CIRCLE", "DRAW", "LINE", "COPY", "PAINT", "COLOR SPRITE$", "COLOR SPRITE", "PSET", "PRESET", "ON SPRITE GOSUB", "SPRITE ON/OFF/STOP" E "POINT", podem apenas ser usadas quando um dos modos gráficos é ativado

<Y> determina o tamanho dos sprites que devem ser usados.

Deve ser um número inteiro entre 0 e 3 e tem o seguinte significado:

  • 0 = pequenos sprites (8x8).
  • 1 = pequenos sprites ampliados para 16x16 pixels.
  • 2 = grandes sprites (16x16).
  • 3 = grandes sprites alargados para 32x43 pixels.

Quando <Y> não é dado, o último tamanho de sprite é usado de novo.

Na falta de indicação de <Y> o padrão é zero.

Nos modos gráficos 1 e 2 apenas se podem colocar 4 "sprites" numa linha da SCREEN.

Nos modos gráficos 3, 4, 5 e 6 o número de "sprites" por linha pode ser de 8.

(OC) No original, ele fala sobre modos gráficos 2 e 3 com 4 sprites e 4, 5, 6, 7 e 8 com 8 sprites, mas claramente é um erro, SCREEN 2 corresponde ao modo gráfico 1. Ou deveria trocar modo gráfico para SCREEN ou ajustar os números dos modos, o que foi feito.

<Z> determina se o som "click" é ouvido quando uma tecla é pressionada. Deve ser 0 ou 1 e tem os seguintes significados:

  • 0 = nenhum som "click".
  • 1 = som "click".

Quando <Z> não é dado, o valor do último "click" é usado de novo.

Na falta de indicação o valor de <Z> é 1.

<XX> dá o "baud rate" para o gravador de dados. Deve ser 1 ou 2 e tem os seguintes significados:

  • 1 = 1200 bauds.
  • 2 = 2400 bauds.

Quando <XX> não é indicado, o último "baud rate" é indicado.

Quando não se indica, o valor de <XX> é 1.

<YY> diz ao computador se um tipo específico de impressora é usada. Deve ser 0 ou 1 e tem o seguinte significado:

  • 0 = MSX printer (impressora MSX).
  • 1 = outro tipo de impressora.

Quando <YY> não é dado, mantém-se a última indicação de impressora.

Na ausência de indicação o valor de <YY> é 0.

<ZZ> determina o modo de exibição. Tem de ser um número inteiro entre 0 e 3, com o seguinte significado:

  • 0 = normal.
  • 1 = entrelaçado.
  • 2 = exibição normal com alternativa paridade/imparidade.
  • 3 = exibição entrelaçada com altenativa paridade/imparidade.

Nos modos de exibição 2 e 3, o número da página de exibição tem de ser ímpar (ver instrução SET PAGE). Nesses modos, a página de exibição (número ímpar) e a página (número ímpar menos 1) são exibidas alternadamente.

Quando <ZZ> não é dado, utilizar-se-á o último modo de exibição dado.

O valor por default de <ZZ> é 0 (zero).

Todo o "sprite" será apagado após a instrução "SCREEN".

Exemplo

10 FOR I=2 TO 8

20 SCREEN I:COLOR 15,4,4

30 LINE(32,32)-(200,132),3

40 FOR K=0 TO 3000:NEXT

50 NEXT I

60 END

RUN

Programa screen.bas:

kitmpo2 0029 kitmpo2 0030